Por que as casas de câmbio podem perder dinheiro ao não usarem as assinaturas eletrônicas

Você gerencia ou trabalha em uma casa de câmbio? Então você tem experiência com os problemas que envolvem as questões burocráticas das transações de valores. Quero dizer, no sistema convencional de formalização de negociações é preciso gastar tempo e dinheiro com papel, assinaturas convencionais e deslocamento.

Reflita sobre o quanto você gasta com papel e impressão a cada ano, e ainda sem ter a garantia de que os documentos estarão bem conservados por muito tempo. Afinal, há vários fatores que podem atrapalhar – como mau acondicionamento, má qualidade da impressora ou dos toners, desorganização e até mesmo falta de espaço dependendo do volume de documentos. Há sempre o risco de algo dar errado, não é mesmo?

Considere também a morosidade de um sistema em que as partes envolvidas em uma transação precisam se reunir para assinar documentos manualmente. É preciso agendar um horário, e talvez o horário não seja viável para uma das partes. E se surgir algum imprevisto? E se o tempo de deslocamento e espera for maior do que o dedicado à formalização da negociação? Será que isso não afastaria o cliente? Alguém sempre pode chegar atrasado, o que significa uma parcela de tempo perdido. Esse tempo poderia ser melhor aproveitado se houvesse uma forma mais eficaz de formalizar a transação.

E, claro, há muitos casos em que é imprescindível avaliar os documentos e autenticá-los. Pessoalmente, dependendo do tipo de transação também é comum as pessoas dedicarem tempo tentando agradar ou impressionar o cliente, mas e se ele for do tipo que considera o tempo algo precioso e quer apenas fechar uma transação? Nessa circunstância, talvez ele decida visitar uma casa de câmbio em que a negociação possa ser feita em tempo hábil e sem a tradicional “conversa fiada”, que hoje já é vista como um obstáculo para quem vê uma nova oportunidade na economia de tempo.

E por que estamos falando disso? Porque se você tem uma casa de câmbio e usa o velho sistema convencional de formalização de documentos, você pode evitar prejuízos e o desinteresse de clientes de forma muito simples. Como? Migrando para um sistema de assinaturas eletrônicas. Se o assunto te interessou, fique atento porque no nosso próximo artigo vamos explicar de que forma as casas de câmbio podem se beneficiar com as assinaturas da D4Sign.

https://www.d4sign.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s